O Dia que Matão chorou: partiu para a Pátria Espiritual Adauto Scardoelli

"Deus é grande Companheiro" - Crônica em homenagem ao Prefeito de Matão, do Jornalista Fábio Pereira, com imagens aéreas do "até logo" de Matão a Adauto Scardoelli. Confira no Portal Hora1. Clique na Foto:

O Dia que Matão chorou: partiu para a Pátria Espiritual Adauto Scardoelli
Cortejo com o Corpo do Prefeito Adauto Scardoelli sobre o carro do Corpo de Bombeiros de Matão-SP

Sexta-feira, 4 de junho de 2021. Eram 22h35 quando a notícia que não queríamos saber, a informação que não queríamos receber, a matéria que não queríamos divulgar se tornava realidade.

Trinta dias após um caso grave de diverticulite seguido de internação, cirurgia e luta pela vida, fechava-se um ciclo de uma personagem extremamente importante e querida para a cidade de Matão.

Foram muitas orações, pedidos, apelos, empenho profissional, zelo familiar e uma torcida pela sua melhora, como poucas vezes se viu uníssono tão contundente na cidade.

Sexta-feira, 4 de junho de 2021. Um dia triste, um dia que colocou uma gota de lágrima nos olhos de muitos e muitos e muitos que conheciam Adauto Aparecido Scardoelli.

Mas o marejar de olhos estava apenas começando. Além do sofrimento familiar consanguíneo, milhares de outros ‘familiares’ do grande Adauto sentiam o aperto característico no peito que só se tem quando aquele(a) que faz parte da nossa vida, nos deixa privados de sua presença física. 

Se fosse uma pessoa comum, teríamos que buscar as marcas que teria deixado para que nos lembrássemos dele. Mas o Prefeito Adauto, o amigo Adauto, deixou marcas indeléveis por toda a cidade, seu nome escrito na história de Matão.

Como dito por ele mesmo no dia da posse de seu quarto mandato como Prefeito da cidade de Matão, “em cada momento importante da história da nossa querida Matão” ele estava lá, no momento exato e na hora certa.

É terrível saber que a hora dele chegou e que uma história tão rica teve seu último capítulo escrito. Uma história tão completa e cheia de momentos importantes teve a contracapa fechada. Uma pena que Deus quis assim, dessa forma, apesar de tantos clamores. Mas Ele sabe o que faz, como se diz...

Uma pena que, no último momento, no momento do último ‘até um dia’, não pude fisicamente – por uma enfermidade relativamente grave que me acomete – prestar minha homenagem. Mas meus pensamentos estiveram elevados, mentalizando o Divino Mestre Jesus e pedindo a ele que – em sua infinita bondade – pudesse amparar Adauto, bem como sua querida família, nesse momento tão importante e difícil para todos.

Escolhi como homenagem para a história de Matão, em um ano tão difícil e de tantas perdas, a última “viagem” do Prefeito Adauto pela cidade que tanto amava, antes da viagem para novas paragens, novos campos de batalha, novas recompensas, novos presentes.

No vídeo abaixo, produzido pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Matão, lindas imagens de Matão, lindas imagens da devoção e do último até logo ao amigo Adauto Aparecido Scardoelli.

 

Até logo, Adauto! Até um dia!

“Deus é grande, Companheiro!”

 

Jornalista Fábio Pereira