Governador promete todos os adultos vacinados até setembro

O problema é a diferença entre o discurso e a chegada das vacinas em Matão. Confira no Portal Hora1. Clique na foto:

Governador promete todos os adultos vacinados até setembro
Imagem Ilustrativa

Em coletiva de imprensa neste domingo (13) o Governador João Doria (PSDB) anunciou a antecipação da vacinação em jovens e adultos em mais 15 dias.
Segundo Doria até 15 de setembro de 2021 todos os maiores de 18 anos, com ou sem comorbidades, estarão vacinados – pelo menos com a primeira dose da vacina contra a COVID-19.
Claro que a imunização completa só acontece com as duas doses das vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac, mas se São Paulo receber a vacina da Janssen aí é uma dose única.
Segundo consta no relatório do instituto Butantan, com 75% das pessoas imunizadas (1ª e 2ª doses) há a tal “imunidade de rebanho”. O governador pretende, pelo menos, diminuir muito o contágio no estado.
Prós: 
- Muita gente imunizada;
- Diminuição da taxa de transmissibilidade
- Menos pessoas internadas e
- Menos mortes (se Deus quiser).

Contras:
- Sensação de segurança que pode aumentar aglomerações;
- Falta de imunização da segunda dose – imunização incompleta;
- Boicote de parte da população por razões políticas, disparando Fake News.
Resta, ainda, uma preocupação: 
Há uma enorme diferença entre o que é falado pelo Governador Doria em entrevistas coletivas e a realidade da entrega da vacina para as cidades.
Na prática, nem todo o estado começa a vacinar a mesma faixa etária anunciada com pompas pelo Governador. Tamara que neste caso seja diferente.

O tempo vai dizer – mas estamos sem tempo.

Confira o cronograma completo abaixo: