Tentativa de homicídio na Rua São Lourenço no Centro de Matão-SP

Confira os detalhes e as imagens desse em que três bandidos foram presos e dois roubos elucidados. Tudo no Portal Hora1, clique na foto:

Tentativa de homicídio na Rua São Lourenço no Centro de Matão-SP
Foto Divulgação: Polícia Militar

Segundo consta em Boletim de Ocorrência, a Tentativa de Homicídio aconteceu no cruzamento da Rua São Lourenço com a Av. 7 de setembro. A equipe comandada pelo Cabo Eliezer atendeu a ocorrência de um que um indivíduo estaria sendo agredido na rua. Ao chegar no local os Policiais Militares Bispo e De Lima foram informados pelo motorista do SAMU que a vítima estava sendo atendida com sinais de espancamento e que três sujeitos retiraram a força o paciente da viatura e espancaram-o novamente.

A vítima – que estava com diversos cortes na cabeça e ferimentos pelo corpo - disse que tomou várias coronhadas na cabeça.

Neste momento o carro com os agressores passou pela Rua Prudente de Moraes e foi identificado pela vítima à PM.

O Volkswagen Gol branco foi acompanhado pelas viaturas da PM até o condutor perder o controle de direção e colidir contra a guia próximo ao ponto de ônibus.

No veículo havia dois dos 3 suspeitos e foi encontrado um simulacro de arma de fogo, tipo pistola.

Os dois receberam voz de prisão e disseram que na Rua Enzo Castelani, no Bairro Alto, estaria o terceiro envolvido na Tentativa de Homicídio.

O rapaz tentou fugir, mas foi detido e preso. Na casa havia 15 papelotes de maconha, a quantia de R$ 460 em dinheiro, uma balança de precisão, apetrechos para o embalo de entorpecente, uma mascara de plástico tipo V de Vingança, uma jaqueta preta – que a PM suspeita ter sido utilizada em roubos pela cidade - 4 celulares, 1 computador e câmeras de monitoramento, todos de procedência duvidosa.

O local tem uma central de monitoramento para avisar os criminosos sobre a presença policial.

O garoto, menor de idade, confessou ter sido ele a dar coronhadas na vítima (que seria usuária de drogas) e foi conduzido à Fundação Casa, passando pelo NAI – Núcleo de Atendimento Integrado de São Carlos.

A polícia fez contato com a vítima do roubo da Caminhonete de Luxo e uma Farmácia no Bairro Alto, que reconheceu – sem sombra de dúvidas – um dos rapazes presos como sendo o autor do roubo.

O outro rapaz, que seria dono da “biqueira” da Rua Enzo Castelani no Bairro Alto, foi reconhecido – sem sombra de dúvidas – pela vítima de um roubo na Rua Arthur Ribeiro na Vila Guarani, quando o ladrão levou dela um celular e a bolsa contendo R$ 250 em dinheiro.

Ambos os bandidos foram presos e tiveram a voz de prisão ratificada pelo Delegado que os encaminhou para a Cadeia Pública de Santa Ernestina.