JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 890
Terça, 20 May 2014 09:45

Homem é encontrado morto em Américo Brasiliense Destaque

Escrito por
Avalie este item
(7 votos)

capa homem morto americo brasilienseGecivaldo Carneiro dos Santos foi encontrado por trabalhadores em uma área atrás do campo do São Judas

 

Um homem de 33 anos foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (19), no bairro São Judas, em Américo Brasiliense.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o corpo do rapaz, Gecivaldo Carneiro dos Santos, foi encontrado por trabalhadores no inicio da manhã, em uma área atrás do campo do São Judas. Ele tinha uma perfuração de bala no pescoço e segurava um cigarro de maconha.

Segundo a mãe do rapaz, que esteve no local que fica a aproximadamente 300 metros da residência da família e fez o reconhecimento do corpo, ele teria passado o dia todo fora de casa ontem e retornado à noite, quando saiu e não mais voltou.

“Ele chegou por volta das 21h, tomou um banho, se vestiu e saiu novamente. Depois disso não voltou mais”, relata a mãe da vítima abalada com a situação.

Gesivaldo, mais conhecido pelo bairro como Gabirú, trajava camisa branca com listras lilás, calça jeans e tênis.

Segundo populares que se aglomeraram pelo local, ele vivia nas proximidades do campo e era muito conhecido por todos.

O tiro que matou o rapaz, devido a marca, teria sido a queima roupa, segundo os policiais. O projétil, provavelmente de um calibre 38, não foi encontrado.

Ele teria recebido o disparo no próprio local, já que não há rastros e nem sinais de luta corporal aos arredores do corpo.

A pericia técnica foi acionada e esteve no local. A Polícia Civil investiga o caso.


Fonte: Araraquara.com
Fotos: Mateus Rigola/Tribuna Impressa

Portal Process
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

1

1

2

2

3

3

4

4

5

5

Lido 5465 vezes Última modificação em Terça, 20 May 2014 09:47

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.