JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 890
Sexta, 16 May 2014 10:24

Genro tenta matar a sogra com facada no Terra da Saudade Destaque

Escrito por
Avalie este item
(4 votos)

capa genro facada sograO rapaz de 23 anos estaria embriagado e atentou contra a vida da sogra de 35 anos na noite desta quinta-feira (15) por volta de 20:30h no Portal Terra da Saudade, em Matão.

 

Segundo consta em Boletim de Ocorrência, Marta R.S., 35 anos, moradora do Portal Terra da Saudade, declaram que o genro estava discutindo com sua filha em visível estado de embriaguez, momento em que começou a agredi-las e ameaçá-las. Elas fugiram para a casa da vizinha do fundo da residência, mas o rapaz as perseguiu e de posse de uma faca, desferiu um golpe no peito da mulher, na altura do ombro.

Ainda segundo a vítima, se não houvesse a interferência de outras pessoas, ela teria sido agredida mais vezes.

Dioni Aparecido da Costa, 23 anos, auxiliar de serviços gerais, morador do Portal Terra da Saudade, confirma a versão da vítima e argumento que a presença de supostos membros de uma facção criminosa estaria perto de sua residência a pedido da sogra e isso o teria deixado mais nervoso a ponto de cometer a tentativa de homicídio.

A Polícia Militar foi chamada e os Soldados Otair e Vicente compareceram ao local do esfaqueamento e detiveram o acusado e o prenderam em flagrante.

A vítima foi levada ao Pronto Socorro e, após ser atendida ficou em observação médica.

Dioni foi levado à Delegacia do Centro da cidade, onde o Delegado de plantão, Dr. Marcelo Umberto Borghi, ratificou a voz de prisão e encaminhou o rapaz para a Cadeia Pública de São Carlos pelo crime de Tentativa de homicídio, Lesão Corporal.

Fonte: Boletim de Ocorrência – Polícia Militar

Autor da Matéria:
Fábio Pereira
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

DSC00741

DSC00738

Lido 7298 vezes Última modificação em Sexta, 16 May 2014 10:34

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.