Terça, 18 November 2014 16:15

‘Trevo da Anhanguera’ mais uma vez “provoca” acidente com caminhão Destaque

Escrito por
Avalie este item
(1 Voto)

capa caminhao capotamento viamarchesanA vítima da vez foi um caminhoneiro e sua esposa que trafegavam pela Via Marchesan. Ele não conseguiu contornar o trevo e capotou seu caminhou carregado com cimento no ‘trevo da Anhanguera’.

 

Segundo consta em Boletim de Ocorrência, eram cerca de 14:45h quando o caminhão carregado com cimento, com placas de São Carlos, trafegava pela Via Marchesan sentido Washington Luis/Matão. Victor Alam Araújo da Hora, 24 anos, motorista, morador de São Calos, não teria conseguido fazer a curva do trevo que dá acesso à Via Augusto Bambozzi vindo a capotar o caminhão.

Ele e sua esposa, Naiara Cristina Silva, 25 anos, ficaram contidos dentro da cabine do veículo.

Foi necessário o uso de uma retroescavadeira para levantar o caminhão, enquanto o Corpo de Bombeiros serrava uma coluna que prendia o motorista.

Após o desencarceramento, as Unidades de Resgate do SAMU e do Corpo de Bombeiros, que trabalharam juntas no atendimento, conduziram as vítimas até o Pronto Socorro, onde estão sendo medicadas.

A Polícia Científica foi chamada, mas não há previsão de chegada à Matão. A Polícia Militar e a Guarda Municipal fazem a sinalização no local para que não haja interdição das vias, que aconteceu apenas durante o resgate.

Fonte de Informações: Boletim de Ocorrência – Polícia Milita

Fotos: João Simão

Autor da Matéria:

Fábio Pereira

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2014 - Portal Process. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Portal Process.
Lido 3953 vezes Última modificação em Terça, 18 November 2014 16:17

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.