JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 890
Segunda, 10 November 2014 17:51

Pai recebe descarga elétrica ao tocar o filho em Parque da Cidade Destaque

Escrito por
Avalie este item
(1 Voto)

capa luciano parqueO incidente aconteceu na noite de sábado (08) quando o garoto de 3 anos estava no brinquedo. Pai e filho sentiram a descarga elétrica que originou uma pequena discussão.

 

Segundo a vítima, Luciano Rogério Antonio, enquanto seu filho brincava no ‘patinho’ ele aguardava do lado de fora, momento que foi brincar com o filho apoiado na grade de proteção. Ao tocarem as mãos, ambos receberam a descarga elétrica que assustou o menino.

Quando ele começou a reclamar teria sido ofendido por integrantes do parque de diversões que alegavam que ele “queria aparecer e ganhar dinheiro de indenização”.

Indignado com o fato, Luciano procurou o Parque nesta manhã de segunda-feira (10), momento em que se deparou com o Corpo de Bombeiros fazendo a vistoria de funcionamento dois dias após a inauguração da atração.

Embora os documentos do parque estivessem em ordem, não havia autorização para funcionamento também do alvará concedido pela Prefeitura e mesmo assim o parque funcionou sábado e domingo últimos.

Luciano desabafa e conta sua história, que repercutiu nas redes sociais no final de semana, na reportagem de Fábio Pereira.

Nossa equipe de reportagem não conseguiu contato nem com a Prefeitura, Corpo de Bombeiros e nem com o Parque de Diversões, que podem se manifestar em nossa redação de jornalismo a qualquer momento.

Autor da Matéria:
Fábio Pereira
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2014 - Portal Process. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Portal Process.
Lido 5513 vezes Última modificação em Segunda, 10 November 2014 18:01

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.