Segunda, 18 March 2019 09:56

Carro roubado em Matão foi usado para o tráfico no Mato Grosso do Sul Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

maconha 4 640x430Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, 2 homens foram presos com 344 quilos de maconha na BR-267 em Nova Andradina, cidade a 296 quilômetros de Campo Grande, nesta sexta-feira (15).


A dupla estava num VW/Voyage, com placas de Belo Horizonte, Minas Gerais e um GM/Cruze, com placas de Campo Grande e se mostraram muito nervosos, o que motivou a revista nos dois carros. Momento em que os policiais encontraram no Cruze 514 tabletes de maconha no porta malas.

Durante o depoimento o motorista do Voyage, de 35 anos, confessou que estava realizando serviço de batedor. Já o condutor do Cruze, de 32 anos, disse ter buscado o veículo carregado com a droga em Ponta Porã e teria como destino Juiz de Fora, Minas Gerais. Mas a Polícia também descobriu que o Cruze estava adulterado.

Na realidade o carro é de Dobrada e foi roubado aqui na cidade de Matão, provavelmente na ocorrência da noite de sábado, 19 de janeiro de 2019, quando criminosos roubaram um Cruze Branco e fizeram o proprietário de 37 anos de refém até o abandonarem num canavial, levando o veículo.

Os suspeitos e a droga foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil em Nova Andradina e o veículo, após passar por perícia técnica será devolvido ao proprietário aqui de Dobrada.

 

Fonte de Informações: Boletim de ocorrência - Polícia Militar

maconha 4 640x430

Portal de Notícias Hora1
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2016 - Portal de Notícias Hora1 (Portal Process). Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do proprietário dos direitos de conteúdo.
Lido 967 vezes Última modificação em Segunda, 18 March 2019 10:11

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.