Terça, 18 November 2014 15:52

Borracheiro agride garota de programa por suspeita de furto Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

capa agressao suspeita-de-furtoApós pagar R$ 20 pelo programa, o homem de 32 anos sentiu falta de um celular e teria agredido a garota de programa por suspeitar de furto.

 

Segundo consta em Boletim de Ocorrência, a violência aconteceu às 00:30h desta terça-feira (18) no Residencial Cadioli.

A vítima Patricia C.F., 28 anos, garota de programa, moradora do Jardim do Bosque, declarou que foi ‘contratada’ para um programa sexual com o borracheiro na noite desta segunda-feira e que, por volta de 00:30h nesta terça-feira, quando terminou o ‘serviço’ foi acusada de furtar o celular do contratante. Ele teria revistado sua bolsa e, como não encontrou o aparelho, passou a agredi-la com socos. Patrícia conta, ainda, que avistou o celular no chão entre umas madeiras e, como foi agredida, jogou o aparelho no mato e só contou onde estava quando da chegada da PM.

Francisco R.G., 32 anos, morador do Residencial Cadioli, declarou que agrediu a moça após o programa acusando-a de ter furtado seu celular.

A equipe comandada pelo Cabo Torryan esteve no local e, com a chegada da polícia, Patrícia informou onde estava o aparelho celular. A vítima, que disse estar grávida de dois meses, foi conduzida ao Pronto Socorro e medicada.

Ambos foram conduzidos até a Delegacia do Centro da cidade, onde o Delegado de plantão, Dr. Marlos Marcuzzo, elaborou Boletim de Ocorrência de Lesão Corporal. Eles foram ouvidos e liberados.

Fonte de Informação: Boletim de Ocorrência – Polícia Militar

Autor da Matéria:
Fábio Pereira
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2014 - Portal Process. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Portal Process.
Lido 3188 vezes Última modificação em Terça, 18 November 2014 15:55

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.